quarta-feira, janeiro 26, 2005

Cyber home sweet home - Última etapa

Saí do tal POP - Cybercafé com a música a trautear-me na mente... Estava frio, lembro-me de pensar que o frio tráz um valor acrescentado a Monte Gordo. Dei uma voltinha por lugares onde não passava há muitos anos... Não eram ainda 23h... em 3 horas ponho-me em casa, que se lixe se estou cansado, amanhã tiro o dia... N125, vazia, escura, fria e perigosamente rápida, Praia Verde, Altura (memórias), V.N. de Cacela, Tavira... Um ouriço caixeiro evitado de justeza (pensei que hibernavam) e uma jante raspada na berma do passeio, um tasco aberto, um café curto e o silêncio dos poucos presentes a observarem o meu sorver da chávena suja. Quanto é a bica amigo? Desculpe lá só tenho assim... Olhe, dê-me um daqueles CDs para ajudar o troco... Um qualquer amigo, o que estiver mais perto! Um arranque a patinar e um boa noite a que não me responderam a ecoar na minha STM... Uma tabuleta azul surgida de uma curva apertada, Estou com pressa para chegar aonde? Uma saida para a Via do Infante, fria, escura, deserta, perigosa... A entrada da auto-estrada perdeu-se no tempo, no sôno latente, estou mesmo cansado, é só mais um esforço... 150, 170, 180Km/h... Galp, cartão frota, -4Cº F***-se, tá um frio do C***lho! Constato que detesto o sabor de Red Bull sem Vodka! Se calhar devia ficar ali fora a dormir um bocadinho no carro, mas está um frio desgraçado, e depois quem me acorda? Um café num copo de plástico, um cigarro, cinza p'r'ó chão, os títulos dos jornais de amanhã, uns farois nos máximos, um carro que pára ao lado do meu, riscas fluorescentes, coletes fluorescentes, passos curtos por causa das emorrodias, cumplicidades de quem trabalha na noite "Então ó Quim, há novidades?" O Quim responde algo de imperceptivel... Pre-sinto a aproximação de mim: "Boa noite, o carro é seu?... O Shô há bocado passou por nós em excesso de velocidade... Então levante lá o pézinho que a estrada está perigosa... Boa noite..." A lua reflete-se no pára-brisas acabado de limpar... 180, 200, 210Km/h... e mais que o carro andasse... A estrada não é perigosa, só é perigoso quem nela anda... O noticiário da 1:00, O sôno fáz-me pingar, ainda me espéto... 120, 110, 70Km/h... Abençoadas guias sonóras (para sua segurança). Janelas abertas e rádio aos berros, a memória de fazer skiming na maré vaza de Tróia perdeu-se na tabuleta, o escaldão na praia da Comporta perdeu-se no Verão, a Maria Odete em Topless perdeu-se nas minhas mãos... Outra Galp... 3 segundos perdidos a reclinar o banco.

Bom dia Sol, obrigado por me acordares.

Continua um friop desgraçado, não tenho fome, vou esticar as pernas e lavar a cara... Já há gente na estrada. O CD que comprei é giro (Lloyd Cole & The Commotions - Mainstream), já não o ouvia desde que andava no 9º ano... Ponte Velha ou Ponte Nova? Vou levar com trânsito de qualquer maneira... Um BMW dos mais baratos espetado na portagem, Palmela, Cristo Rei ao fundo... Como é bonita a Cidade vista da Ponte. A5 engarrafada para entrar em Lisboa, reconheço-me naquele pára-arranca todas as manhãs, mas hoje vou em sentido contrário... Carcavelos, Via verde a 120Km/h, Obras, Estoril, S. João do estoril... Casa, festinha na gata, cama, dispo-me depois, quando acordar...

8 passageiros clandestinos:

Anonymous Pecola chamou a hospedeira e disse:

Ai ai ai.. Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje.. :) Home sweet home, não é? :) Pois tu falas falas falas e... E por onde é que a gata andou todo este tempo? =o)

4:16 PM  
Anonymous Invisible chamou a hospedeira e disse:

Mistério...

4:43 PM  
Anonymous Anonymous chamou a hospedeira e disse:

Já sabia que estavas de volta, vi-te na esplanada perto de tua casa
A barbicha fica-te bem hehehe

4:55 PM  
Anonymous Pecola chamou a hospedeira e disse:

Temos, portanto, que a barbicha não é habitual.. E que o mistério mora ao lado.. =oP

4:58 PM  
Anonymous Bina Ladina chamou a hospedeira e disse:

Ora ficamos a saber que alteraste o visual e que o mundo é mesmo muito pequeno, ou que talvwz, tu és uma estrela, uma verdadeira vedeta onde moras :P
Sabs, quando se está cansado, não há café, nem Red Bull, nem música alto, que te aguente acordado.
Mas segundo um amigo, e um ex-namorado, eu a tagarelar e a cantar sou capaz de acordar um cemitério inteiro :P
Acredita que aguentei uma viagem inteira de 4 horas de madrugada a cantar Sérgio Godinho, Peste & Sida, Censurados, Xutos, Metallica e Maiden (não podia falhar no meu reportório).
Noutra viagem experimentas :P

5:52 PM  
Anonymous Cajolas chamou a hospedeira e disse:

Welcome Back. De regresso á invisiblehouse, com a invisiblecat. que rico trabalho, "vi-te na esplanada", Esplanada!!!! e trabalhinho que é bom? nada!

Afinal que é a "Mistério"?

Com um bocado de sorte.....

7:06 PM  
Anonymous Pecola chamou a hospedeira e disse:

Bom.. procurei, sei que tenho por entre as prateleiras uma cópia do dito.. até acho que nos meus primeiros posts o publiquei.. Não gostei de só ter encontrado uma parte, que assim nem se percebe a graça do poema. Mas tb pouco interessa. Acho que dá para ver que até nos meus rasgos de letras e números há sempre uma influência..

FIRST MEN ON MERCURYWe come in peace from the third planet
Would you take us to your leader?
Bawe Stretter! Bawr. Bawr. Stretterhawl
This is a little plastic model
of the solar system, with working parts
You are here and we are there
and now here with you, is this clear?
Gawl horrpo. Bawr. Abbawrhannahanna!

(Edwin Morgan)

8:10 PM  
Anonymous Invisible chamou a hospedeira e disse:

Como sou ignorante...

9:03 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit