sábado, maio 26, 2012

Post de um sábado qualquer

Já há uns dias que não escrevo nada... ou melhor dizendo, que pouco ou nada me apetece escrever. Como disse uma vez alguém perto de mim: "Há montes de coisas novas a acontecer na minha vida", e não tenho tempo... Estou vivo, mais do que isso sobrevivo. ...e enquanto a hora não chega as palavras resumem-se a isto, encadeadas em pequenos nadas. Um passo em frente, 2 passos ao lado, 3 passos atrás e um salto de quantum para uma dimensão paralela, história de corrigir alguns factores errados. Adivinha-se um Verão como já não tinha desde 2008. Apaixonado sobretudo pela vida!

4 passageiros clandestinos:

Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

"Há montes de coisas novas a acontecer na minha vida", e não tenho tempo... " - Como te percebo... Já somos dois.
Folgo em saber, pelo menos, que estás vivo (e que sobrevives).
Beijo grande, daqueles.

2:05 AM  
Blogger nêspera chamou a hospedeira e disse:

Ainda bem que não tens tempo de andar por aqui, especialmente se o motivo é estares apaixonado.
Vive com paixão a paixão pela vida!

Bjis :)

9:14 AM  
Blogger By myself chamou a hospedeira e disse:

Olá amigo.
Pode parecer absurdo dizer que não tenho tido tempo para vir aqui, mas é verdade mesmo. Aliás, não vou tendo tempo para nada que não seja o trabalho, das 9 às 2h. Estar em frente ao pc, significa possibilidade de negócio, pelo que é prioritário.
Gostava de ler os teus posts desde a última vez, mas é-me totalmente impossível, pelo que li algo "na diagonal". Constato que está tudo bem contigo, e fico feliz que assim seja.
Beijinho e até um destes dias.

2:49 AM  
Blogger Piloto Automatico chamou a hospedeira e disse:

Smootha: A viver sou exímio. A sobreviver sou mestre. Bjs

Nêspera: "Paixão é o meu nome do meio. Tudo o que faço faço-o com paixão... não sei fazer as coisas de outra forma... Bjs

By myself: Sei que sabes que passo pelo teu blog abandonado como sei que passas pelo meu atribulado. Bjs

6:20 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit