sexta-feira, março 11, 2005

Adeus "mi"

A resignação não é fácil. É ter que admitir que se estava errado, aceitar que se andava enganado, enfrentar que se tem que mudar.
Aqui há uns dias envolvi-me empaticamente (enfim, tentei) com um blogger que aqui tinha aparecido a interferir… Lembro-me que umas semanas antes esse blogger tinha cá vindo fazer comentários desagradáveis sobre mim e sobre outros bloggers que (des)conheço. Mas a minha natureza fala mais alto, eu acredito na natureza humana mais do que na fraqueza de espírito gratuita de quem não sabe fazer melhor, por isso resolvi aceita-lo, resolvi promover o seu blog no meu, escrevi este post numa boa, e até trocamos galhardetes (comentários e links) de cortesia.
Para mim isso foi uma vitória pessoal, o atrito inicial tinha sido suprimido por um compromisso de tolerância voluntário e mútuo.
Nos últimos dias contudo, ao clicar nesse link… zás tráz páz pim pam pum, nada se passa, blog not found.
Não sei o que aconteceu, mas resigno-me ao que tinha dito anteriormente, e esse blog passa a ser o segundo blog que deslinko das interferências.

Miguel (ou "mi", como assinavas os comentários), sejas lá quem fores, juntos, eu e tu, provamos a quem quisesse ver que a força da palavra escrita combinada com a natureza humana podem fazer maravilhas. Lamento que tenhas desistido ou seja lá o que for que fizeste. As tuas “Palavras Mal Entendidas", mal ou bem, até faziam sentido, só tu é que não acreditaste nelas.
Boa sorte.

1 passageiros clandestinos:

Anonymous Anonymous chamou a hospedeira e disse:

Parece que os comentários do blogger já funcionam outra vez...

9:53 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit