domingo, junho 08, 2008

Reload

Acabaram-se as considerações sobre a minha vida privada neste blog (ou noutro qualquer para esse efeito), aliás, até já me estiquei demais e expuz-me sem necessidade. Foi um mal necessário, até o podia ter evitado, mas foi um escape, foi um amigo invisivel, foi a puta que pariu esta merda toda... Mas não vou acabar com o blog, não tenho o direito de me privar a mim próprio de algo que criei e que me tem dado muito gosto manter, mas que tem apenas um propósito: Projectar e ampliar a minha auto-determinação!
Também não vou editar ou apagar posts passados, isso seria a maior hipócrisia que poderia mostrar de mim próprio, porque o que aqui escrevo são essencialmente relatos das minhas experiências, da minha vivência, considerações sobre a vida e sentimentos, muuuuitos sentimentos.
O "Velocidade de Cruzeiro" sempre esteve virado para a frente, e por muito que eu tenha dado um trambolhão, por muito que me tenham passado uma rasteira, não vou ficar à espera do destino, népia, vou até dar uma "mãozinha" ao Karma (e é muito elevado da minha parte conseguir fazê-lo), aprendi há muito tempo a não ter que esconder o meu passado, porque o meu passado faz parte de mim...
...e o futuro, não é só um sônho bonito para se conseguir viver melhor consigo próprio, não, o futuro, o meu futuro, é a realidade.
Eu sei o que quero e sei como lá chegar, sempre soube, e o que aqui escrevo, no presente, é apenas o entretanto.

6 passageiros clandestinos:

Blogger Henrique Mário Soares chamou a hospedeira e disse:

Excelente blog assim como os teus textos com uma força literária espectacular. Obrigado pelo elogio á minha mui "nobre" cidade Invicta.
Voltarei mais vezes para ver o que andas a escrever, Força Amigo não pares pois...parar é morrer...
Um forte Abraço

12:30 AM  
Blogger Curiosa chamou a hospedeira e disse:

"não vou acabar com o blog"

Ainda bem, porque gosto de o ler ;)

5:19 AM  
Anonymous Anônimo chamou a hospedeira e disse:

Nem sequer cheguei a perceber porque querias acabar com o blog. Não faz sentido. Nem que emigrasses para a sibéria, onde há ATM's, há net. Não faria sentido, de todo.
cat

6:21 PM  
Blogger M. chamou a hospedeira e disse:

Quando se é uma "celebridade bloguistica" corre-se esse risco; como nas aldeias pequenas, impera coscuvilhice sobre a vida alheia.
a questão é saber lidar. dar a volta para a frente.mas nunca passando pela destruição de uma casa.

Bons vôos e suaves aterragens.*

2:06 PM  
Anonymous Bina Ladina chamou a hospedeira e disse:

Este sim, é o F. que eu conheço, forte e decidido.
Claro que abalado no momento que tudo treme mas como todos os edifícios bem desenhado, seguro e fiel aos seus princípios :D
Dá-lhe com força!
A vida tá aí é pra nós lhe darmos uma valente biqueirada.. não faças aqui como a Je que só serve de mau exemplo :P
bjinho grande

11:46 PM  
Blogger Joaquim Costa chamou a hospedeira e disse:

Obrigado pela visita ao meu blog. Achei que este seria o “post” a comentar, compreendo a indignação e felicito a determinação. Penso que os blogs são uma mão estendida ao mundo, outro meio de procurar respostas. Eu sei porque também faço isso, também procuro algumas respostas ou pontos de vista. Mas como tudo na vida não é “grátis”, o preço é a exposição. Podemos aqui receber o que pretendemos, a sabedoria, mas irremediavelmente também recebemos a hipocrisia e a ”caca” da sociedade. Seguir em frente é o melhor caminho, parar ou abandonar é dar a vitória aos fracos.

Marillion faz parte da minha juventude, a espaços paro um pouco, fecho os olhos, ouço as melodias com muita saudade.

9:05 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit