quarta-feira, junho 04, 2008

burying the hatchet

...já passaram mais de 6 horas, a merda do telemovel calou-se e o meu batimento cardiaco abrandou.
A pressão arterial de certeza que baixou para valores mais aceitaveis e os olhos já secaram.
Mas o sabor salgado das lágrimas perdura na minha boca, na memória gustativa, na incompreenção...
...e agora vou ali ao lado enterrar o machado-de-guerra mais uma vez, de uma vez por todas, por favor!

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit