segunda-feira, outubro 23, 2006

Eu sou o mais difícil

Segundo o Jornal correio da manhã, na sua edição de hoje, um homem foi condenado a pagar uma multa de 900€ por ter chamado "Cromos" aos elementos de uma brigada da GNR que o interpelavam em sua própria casa.
É lúdico demais!
Ora atente-se no grosseiro impropério que é chamar "cromo" a outra pessoa, senão vejamos... Parece-me claro que o adjectivo "cromo", no sentido mais abrangente, serve para identificar certos indivíduos que, atravéz de um conjunto de certas das suas acções, não se enquadrariam tão bem noutra definição mais específica. Chamar "cromo" a alguém, parece-me, pode ser considerado depreciativo (Cromo = Ridiculo, Idiota, desviante) mas também pode adquirir o carácter inverso (Cromo = exímio, aplicado, competente). No caso relatado, o tribunal considerou que era depreciativo para os Géninhos serem chamados "cromos"...
Mas "Cromo" enquanto adjectivo tem vários graus, há variantes: "Cromissimo", "Cromo da bola", "o Cromo mais difícil" (carinhosamente apelidado de "poster"), o "Cromático" e o meu favorito, o "Cromis andantis" (por vezes erradamente chamado "Cromagnon").
Mas a lei fala mais alto, e eu então estou lixado com este precedente da Jurisprudência... Não só não hesito em chamar-me a mim próprio "Cromo", aliás o mais difícil dos "cromos", mas também passo a vida a chamar "Cromo" a toda a gente, sim, cada qual à sua maneira: GNR, PSP, P. Municipal, PJ, SIS e Corpo Nacional de Escuteiros são todos uns grand'as "Cromos" (No caso da PSP, além de cromos também gosto de lhes chamar "Estrumpfes" que é o que parecem), os políticos são todos "Cromos" sendo o Sócrates e o Cavaco os "Cromos" da moda na actualidade, apenas superados pelo Durão (que além de "Cromo" é palhaço), pelo Alberto João (que além de "Cromo" é parvo) e pelo Bush (que além de "Cromo" é estúpido). Mas não são só estes, os padres são "cromos", os patrões são "cromos", os colegas são "cromos", a família são "cromos", os compatriotas são "cromos", os estrangeiros são "cromos", os bloggers são "cromos", cá no prédio além de mim também os vizinhos são "cromos", vivo apaixonadamente embriagado por uma "croma", os meus filhos vão ser "crominhos" até eu lhes ensinar a serem verdadeiros "cromos", enfim, para mim somos todos uns grand'as "cromos", e no futuro não vai haver mais mulheres e homens, apenas "cromos" e "cromas". Mas no limite, um "cromo" querer chamar "cromo" aos "cromos" da GNR e ser apanhado é sem dúvida a maior "cromisse" de todos os tempos!

4 passageiros clandestinos:

Blogger Rantanplan chamou a hospedeira e disse:

A dos Estrumpfes é minha!!!! e estou aqui a lembrar-me daquela vez no monte estoril quando fiz o carro da brigada parar com o meu : "olhaosestrumpfes!!!". Imagina eu no banco dos arguidos e tu, o R. e o F. como testemunhas. Tu a dizeres ó senhor doutor meririssimo-cromo, foi mesmo assim que ele disse: "olhaosestrumpfes!!!" e depois tomámos banho numa piscina alheia.

11:17 PM  
Blogger Piloto Automatico chamou a hospedeira e disse:

Pois foi... Tinhamos saido do Bauhaus e fomos tomar banho na piscina de um condominio fechado qualquer às 6 da manhã em pleno Inverno... Grandes loucos!

12:11 AM  
Blogger -pirata-vermelho- chamou a hospedeira e disse:

...e o juíz?! É ou não é um ganda cromo, ele mesmo?

Eu digo que é dos poucos que talvez não, se for dos que se toma a sério e que finge ser sério.


(Não defina 'sério' porque a gente sabe o que é e porque, como há cromos sérios, ia dar uma ganda confusão...)

7:03 PM  
Anonymous Cromo sobrinho chamou a hospedeira e disse:

Está lindo este post... és mesmo o meu tio cromo favorito!

11:21 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit