segunda-feira, dezembro 06, 2004

XV 535 S - Virago

O frio não me cortou a pele desta vez… Talvez porque o Sol se vestiu de novo com a minha cor…

Passei o domingo na estrada, da Marginal para a Ponte, da Caparica para Sesimbra, de Benavente para Vila Franca, de Arruda para Mafra, da Ericeira para Sintra e de Cascais para Casa…

Devagar, sempre devagar… Não sei andar depressa!

Mas devia ter comprado uma mota com menos pinta, esta é muito bandeirosa…

Sim, já me chamaram “pintas” (há gente muito horrorosa no mundo), se é essa a imagem que transmito então talvez seja a mota adequada para mim… Mas não o sinto na pele, prefiro manter o meu perfil baixo e exibir o ar de matador com naturalidade… para artificial já chegam muitos dos que me rodeiam.



.

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit