quinta-feira, julho 30, 2009

Num bungalow chamado "Évasion"

…o aroma doce do leite hidratante que ela deixou no duche invadiu-me as narinas e apaziguou-me a pele quente do Sol. Não deixei a água aquecer demais, não gosto de duches muito quentes, apenas mornos, quase tépidos. Já de toalha enrolada à cintura fiz a barba e escovei os dentes enquanto trocava conversa com ela que, de toalha também, esperava por mim no sofá da sala…

Achei engraçado, aqui há dias, ela dizer-me que logo após aquele primeiro beijo, que quando a toalha dela caiu foi por acidente e que foi por isso que ela me tirou a minha toalha também. Se o acidente da toalha dela cair veio por bem, a reacção dela não podia ter sido melhor! …e quando dei conta nem tinhamos jantado, já era outro dia, hora de acordar outra vez. Faz hoje 2 meses, foi o princípio, parece que foi há mais, mas também parece que foi ontem, foi bom, está a ser bom. Cada vez melhor!

3 passageiros clandestinos:

Blogger Patrícia chamou a hospedeira e disse:

Este comentário foi removido pelo autor.

10:11 PM  
Anonymous Miss Mulberry chamou a hospedeira e disse:

Let's go back there as soon as we can, OK?

As toalhas tinham vontade própria... ;)

10:12 PM  
Blogger Gala Dmitrievna chamou a hospedeira e disse:

Não pude deixar e sorrir com este teu post.
Fez-me recordar uma conversa muito bonita e interessante que tive num momento decisivo da minha vida, num momento em que precisei que alguem me abrisse os olhos :)

Beijinhos

10:55 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit