sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Porque ontem o caminho não me levou até ti...

"Fiquei lixado por não teres ficado toda contente e entusiasmada com a ideia de tomarmos um cafézito hoje... não sei explicar porquê, talvêz na ânsia de sair da minha letargia me agarre a qualquer manobra, improvavel e vã que seja... não te recrimino, simplesmente fiquei desapontado. Não foi contigo, percebe, foi comigo, por me ancorar em nem sei bem em quê, como se estivesse à deriva e o destroço onde me agarro não tivesse sustentação para se manter a flutuar se eu me agarrar a ele. Desculpa …não sei se me consegues aturar um dia inteiro... mas na boa, não penses mais nisso, tomaremos um café, terei o prazer de me apresentares a C quando for conveniente, ensino-te a andar de bicicleta quando os dias estiverem mais constantes e estarei ao teu lado quando entrares no tribunal em junho... por agora, qualquer desculpa serve para eu ir andar de mota, tomar café contigo pareceu-me ser a união do util com o muito agradavel... saio de casa sempre sem mapa. Não te preocupes"

3 passageiros clandestinos:

Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

Desculpa lá, mas não tenho livro de reclamações (riso do mais sacana que consigo apresentar).
Sei o que te respondi e não me esqueço. ;)

5:21 PM  
Blogger Avis Rarum chamou a hospedeira e disse:

F... sem mapa não!!!
Sem destino talvez, mas sem mapa...
Gaijo perdido é pior que mulher bêbada... :D
A não ser que seja para o convívio com as nativas, claro!

10:39 AM  
Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

"Os homens nunca se perdem - simplesmente descobrem destinos alternativos."

12:06 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit