quinta-feira, agosto 07, 2008

Post da noite

Adivinho que o jantar vai ser barulhento, longo e cansativo. Vamos todos jantar a casa da minha irmã a Oeiras (Nota: Tenho 6 irmãs, e a todas chamo simplesmente minha irmã, naturalmente não me estou sempre a referir à mesma). Gosto de ir a Oeiras de vez em quando, conheço lá uns sitios agradaveis onde se pode tomar um café ou beber um copo ao fim do dia... Desta vez não vai ser o caso. Com os cornos com que tenho andado na última semana provavelmente não vou ser a melhor companhia, enfim, conhecendo as minhas irmãs e conhecendo-me a mim próprio, ninguém dará por nada, mas vou estar contrariado, explosivo e com vontade de sair de lá, sem saber muito bem para onde ir, nem tão pouco para onde quero ir...
Depois lá voltarei para casa, provavelmente fora de horas e com vontade de estar noutro lugar...

Este post é o "Post da noite", vou programa-lo para aparecer por volta das 21h que seria a hora a que me sentaria aqui para verificar o mail antes de me entregar a uma qualquer rotina das que tento não repetir de uma noite para a outra.
Quanto ao "Post d'amanhã", esse vai aparecer às 08:08h... e com sorte 8 segundos depois disso fico liberto de uma vez por todas da onda de azar que me atingiu aqui há uns 3 anos atrás, um filho da mãe dum mau-olhado e à pata qu'a pôs que me vai desaparecer da vida até nunca mais!

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit