quarta-feira, agosto 06, 2008

A acumular milhas de asfalto

"Paco, vamos lanchar à Garrett, queres vir?"
"Não me apetece muito, tenho aqui umas coisas para fazer..."
"Fazer o quê? Já arrumaste tudo! Anda lá..."
"Não me apetece pá, vou ficar em casa..."
"Não fiques fechado em casa, anda!"
"Talvez vá lá ter..."


To do list

> Fixar espelho no WC
> Aplicar candeeiro novo no tecto
> Montar iman nas portas do roupeiro
> Lavar vidros da janela
> Procurar documentos do Civic
> Marcar recolha da VF 750
> Fazer seguro para a VF 750
> Devolver chamada da Michael Page
> Responder anúncio Net-Emprego
> Actualizar perfil Linkedin
> Escrever um Post
> Passear o cão e ir ver o Pôr-do-Sol
> Ouvir Sade e olhar para a parede

...e enquanto lá fora o mundo chama por mim, neste momento, agora, prefiro ficar assim. O santuário ganha forma, não me apetece sair, não faço disto uma norma, é uma forma de reagir. Da janela vejo os carros, comboios e gente a passar, sinto o cheiro a maresia e ouço ao longe o som do Mar. Se saísse para onde iria? Provavelmente apanhar ar a tomar café na esquina. Deixar a tarde passar e inventar serotonina. Talvez escrever um pouco, deixar-me ficar calado, pois se falar ficarei rouco, e vou ficar aqui sentado, a sentir que fico louco, por saber que há algo errado. Já tenho tudo arrumado e lembro o Tejo que não vejo, porque eu estou deste lado, no lado errado de um beijo. Colei um postal na parede, com uma imagem da cidade. É um rasgo da ponte que quase me mata a sede, como a àgua duma fonte que só alimenta a saudade. Sei que imponho em mim o respeito de cumprir vontade alheia, é uma engrenagem que aceito, mas range cheia de areia...
...e o post fez-se poema, palavras que rimam sem tema.

3 passageiros clandestinos:

Blogger Fénix chamou a hospedeira e disse:

Adorei este teu post. Já me sinto assim há uns tempos. Nem sempre fico em casa, mas passo muito tempo sozinha. Acho que são fases.
Beijinho!

9:26 PM  
Blogger Curiosa chamou a hospedeira e disse:

Virou poema, mas um poema que se sente...

Vou guardar. Bem escrito, como sempre ;)

3:30 AM  
Anonymous Deusa chamou a hospedeira e disse:

Gostava de te ter conhecido melhor quando éramos praticamente vizinhos.
Tens uma boa escrita, um caracter forte e um cenário apetitoso.

10:59 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit