sexta-feira, novembro 17, 2006

On top of the world...

...like a flag on a mountain!
Pá, que fixe, os gajos do Hotmail são bacanos, acabaram de me dar 1000 megas por cima dos 250 que já tinha, deve ser de ter a minha conta há quase 10 (!!!) anos no hotmail...
Muito bem, isto vai ser rápido que não se pode fumar na biblioteca de Murça!
A viagem correu bem, enfim, correu como eu queria que corresse, há chuva (Bolas, também não era precisa tanta, só queria dar uso ao fato de chuva, não era para descobrir que ao fim de 5 horas começa a meter água pelo colarinho!).
A paragem em T. Novas foi fixe, um pingo de solda no escape e uma favas à moda da Tia São. Depois chuva e chuva e chuva e Coimbra, paragem para procurar uns óculos que pudesse adaptar ao capacete... pois, que isto de ser motard não tem nada a ver com capacetes integrais e com viseira; Capacete aberto que é tão bom apanhar com o ventinho na cara! Bom, numa loja de chineses lá improvisei a coisa com uns "óculos" de protecção para rebarbadora... parecia um mergulhador!... e parecia que chovia dentro deles!
Siga viagem, mais chuva, paragem em Viseu, merenda ao caír da noite e na Sport-Zone comprei uns daqueles óculos de natação com um elasticozinho mitra... Até resultaram mas embaciavam por dentro... hão de servir para quando for à piscina!
Caiu a noite e caiu o termómetro, o fato começou a meter água (que escorria do capacete) pelo colarinho, as botas também acabaram por deixar de funcionar (Foram caríssimas, mas já têm muita rodagem!) e as luvas ensoparam tanto que debotaram a ponto de eu ficar com as mãos azuis (provavelmente de estarem molhadas e geladas).
De Lamego para cima a chuva intensificou, gotas grossas que pareciam pedradas na cara, reduzi a velocidade (de cruzeiro, hehe) de 90 para 70 Kms/h, depois veio o vento a subir a serra, 50 Kms/h...
Por fim, a partir de Vila Real, um nevoeiro de cortar à faca completou o ramalhete e deu um ar de filme de terror ao terror que já é fazer aqueles últimos 40 Kms no IP4.
Bom, cheguei pelas 22H, menos mal, gelado e mortinho por mudar de roupa... Mas claro, a porcaria dos alforges também meteram água e a roupinha tão bem dobradinha estava toda molhadinha... felizmente esta é a minha segunda casa e tinha cá umas roupitas... Isto foi há 2 dias, o resto conto amanhã!

1 passageiros clandestinos:

Blogger maria-joão chamou a hospedeira e disse:

Caraças pá! E eu que que pensava que em cima duma motinha eram tudo rosas!

12:41 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit