sexta-feira, julho 01, 2005

Enviado por email

Estimados Colegas,

Como poderá ser já do vosso conhecimento, terminei o vínculo que me unia às ACA pelo que deixarei de trabalhar convosco, tanto em Bucelas como em Rio Maior.

Parte integrante da vida de um profissional, encaro esta decisão com a importância e a serenidade que lhe são devidas, e desta forma contemplo imperativamente uma perspectiva futura, mas não descuro necessariamente a perspectiva passada, lugar que doravante a maioria de entre vós ocupará na minha vida.

Assim, não tendo tido oportunidade de me despedir de cada um individualmente, não poderia deixar de aqui o fazer para o colectivo. Se na forma o faço de modo pouco ortodoxo (certamente que o identificarão como uma característica muito própria deste que vos escreve), no conteúdo todavia, procurarei corresponder ao padrão que exige a minha integridade moral.

Durante os quase 3 anos em que trabalhei neste grupo de empresas tive oportunidade de enriquecer a minha experiência profissional a vários níveis, bagagem valorosa que levo comigo e à qual seguramente farei apelo no futuro.

Espero em contrapartida ter correspondido às solicitações que me foram feitas e se tiverem havido ocasiões em que não o pude fazer, sei de consciência que apenas vos faltei quando ficaram esgotadas todas as possibilidades de ter podido corresponder ao que me pediram.

Tive também o privilégio de me cruzar com alguns profissionais sérios, experientes e competentes, que me transmitiram, na medida do possível, noções pertinentes para o desenvolvimento das várias funções que desempenhei. A essas pessoas, que se reconhecerão nas minhas palavras, gostaria de aqui deixar uma nota pessoal de agradecimento.

Por fim, em género de legado da minha passagem por esta Empresa, numa altura em que a reestruturação do Grupo atinge o seu auge, gostaria de desejar a todos o merecido sucesso e felicidade, tanto a nível pessoal como profissional. É meu entender que a presente situação possa causar instabilidades e incertezas. Mas reconhecerão estou certo, que esses males são necessários, os quais, após terminar o processo de reestruturação, darão seguramente lugar a uma situação melhorada e estabilizada para todos os colaboradores do Grupo.

Assim, o meu desejo é que saibam valorizar os vossos postos de trabalho, trabalhando de forma competente e dedicada à harmonia da equipa que integram. É importantíssimo para o bem de todos que alguns, mais cépticos, abandonem as tendências intriguistas e resistências destrutivas que sistematicamente se têm vindo a manifestar nos bastidores de alguns níveis hierárquicos, pois essas atitudes, nada prestigiantes para os próprios, acabam por minar o bom desenrolar tanto do trabalho de colegas, por vezes no seio da própria equipa, como da integração e da actividade da Empresa. Está visto que a junção de ACA e CDT é uma realidade galopante, pelo que é perfeitamente inútil que continuem a manter agendas pessoais e a remar ao contrário da maré.

Sejam portanto pacientes e confiantes nos esforços que a Administração da empresa tem vindo a fazer para consolidar este Grupo e levá-lo a bom porto, mas tenham sempre consciência de que o recurso mais importante desta empresa são todos vocês, o recurso humano.

Bem hajam a todos.

Francisco Guedes de Amorim
Export Marketing Manager
ACA & CDT

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit