quinta-feira, março 17, 2005

Desperately looking for Karma

Sim, concerteza, não me custa nada, só não ajudo se não puder, não incomoda nada, até gosto, é para já, eu interrompo o que estava a fazer, não era nada importante...

Gosto de ajudar os outros, gosto sobretudo de ajudar quando realmente resolvo um problema que só eu poderia ter resolvido. Gosto de ensinar e de explicar, de partilhar o meu conhecimento. Ajudar desconhecidos então, é algo que me dá um prazer especial.

  • Na semana passada ajudei 3 bloguistas a instalar o Haloscan, ajudei colegas a fazer o trabalho deles, ajudei a minha sobrinha com um exercício de matemática e a minha vizínha a carregar as compras.
  • Esta semana ajudei um turista a encontrar o destino que procurava, ajudei colegas a fazer o trabalho deles e ajudei um bloguista a fazer um template para um blog novo (qualquer semelhança com a realidade é pura interferência) e desde já lhe desejo boa sorte.
  • Para a semana que vem vou ajudar a minha Mãe a pagar as obras da casa dela, e seguramente vou ajudar colegas com o trabalho deles.

Gostava que a expressão "cá se fazem, cá se pagam" tivesse duplo sentido.

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit