quarta-feira, dezembro 29, 2004

O Pescador

O Pescador (versão integral) está lá para baixo nesta página, entre a Musculação e as horas do caraças.

Obrigado ao Elástico (já sei fazer links no texto) pela sua cortesia e espéro que lhe enviem coisas bem mais tristes que O Pescador...



Como pensamento do dia acrescento que a sempre vi a extrema tristeza como algo que roça de perto a euforia incontrolavel no momento em que me apercebo que já não estou triste.

.

1 passageiros clandestinos:

Anonymous Anonymous chamou a hospedeira e disse:

Devia re-publicar o seu poema na integralidade, está fantástico. É triste, mas é muito agradavel de ler.

um leitor casual

11:03 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit