quarta-feira, janeiro 30, 2013

A questão de fundo

(...)
Se repararmos, Abebe Selassie é o primeiro negro com algum poder real em Portugal. Ou seja, num país razoavelmente multiétnico, o primeiro negro com algum poder só o consegue ter porque esse poder não resultou da vontade dos portugueses. Há, que me lembre, apenas um deputado negro no parlamento - e é do CDS. Não há nenhum presidente de Câmara, nenhum ministro, nenhum secretário de Estado. Isto tem de querer dizer qualquer coisa. Ou quer dizer que os portugueses não votam em negros ou quer dizer que a generalidade dos negros não consegue ascender socialmente no nosso país para chegar a cargos públicos relevantes. Porque são geralmente discriminados ainda antes de chegarem à fase de poder ascender a estes cargos. São discriminados na distribuição do rendimento, dos empregos, das oportunidades.
(...)

Excerto do artigo de Daniel Oliveira no Expresso-online.
Ler mais: http://expresso.sapo.pt/o-escurinho-do-fmi=f783094#ixzz2JSeuv6bl

1 passageiros clandestinos:

Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

(a sério, não me batas...)
Deixei-te um desafio na Lua. Encaro isto como um empurrão para voltar à escrita.
Pica-me, s.f.f.

Beijos, daqueles

4:25 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit