sexta-feira, dezembro 14, 2012

Esquizo Karma

Às vezes não sei se ando a ser recompensado pelas coisas boas que tento fazer, ou se ando a ser punido pelas coisas más que não consigo evitar.
Vivo assim, intermitente.. Ora cai, ora levanta... Ora puxa, ora empurra... Ora dorme, ora acorda... Ora é escolha, ora é destino...
Acontece quase tudo em simultaneo, e eu alterno entre estados, entre picos e fossos, e sinto-me como se vivesse numa balsa de salvação, no meio de uma tempestade em alto mar: Ora no alto da vaga com um precipicio à minha beira, ora no fundo da ondulação com uma assustadora parede de água na iminência de se abater sobre mim.
Destemido para enfrentar a escuridão da noite; e aterrorizado com a luz ténue da madrugada...
Assustado com tudo e com medo de nada. Um Superman feito de Kriptonite.

3 passageiros clandestinos:

Blogger Sa(ha)ra chamou a hospedeira e disse:

As madrugadas são paridas pelas noites, e são sempre renascimentos, logo meu querido, RENASCE a cada dia, dando a ti mesmo o teu intrinseco, o teu melhor, o resto é paisagem com a qual tens necessáriamente que conviver.


Beijo impregnado pelo odor de mais uma madrugada (hoje com o fantástico odor de terra molhada)

10:35 AM  
Blogger nêspera chamou a hospedeira e disse:

E não gostas dessa dualidade? Eu amo!

Bjis :)

12:13 AM  
Blogger Piloto Automatico chamou a hospedeira e disse:

Sara dos Desertos, eu sou um ser da noite e sou um filho da madrugada!

Nêspera, gosto de variedade em detrimento da rotina, mas tem sido oscilação a mais...

11:26 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit