terça-feira, outubro 02, 2012

É grupo!

Por vezes apercebo-me que as pessoas me fazem rir, algumas mais do que outras. A distância entre o riso exterior de gozo e o sorriso interior de desprezo é por vezes assustadoramente curta. Não sei se a minha capacidade de agrupamento de pessoas por estereotipos é fidedigna e justa, ou se resulta de uma mera percepção distorcida que eu possa ter por defeito, mas é seguramente um modo eficaz de compartimentar as pessoas - com julgamento feito, admito-o - e dessa forma segmentar tambémas as minhas respectivas reacções e sentimentos. É talvez essa capacidade de distinguir entre traços e caracteristicas que facilita a identificação de que tipo as pessoas são, ditando a minha reacção e determinando a minha apreciação da pessoa. Eventualmente este género de reflexões por vezes trai a imagem que passo de mim mesmo, quando eu até podia perfeitamente dissimular um bocado e passar incolume pelo julgamento alheio, já que ninguém está imune a ser apreciado e julgado. Ora reciprocamente eu também podia dar o benefício da dúvida às pessoas que julgo... ou não!

1 passageiros clandestinos:

Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

Prefiro que me julguem, mesmo que mal. Odeio correr o risco de se enganarem a meu respeito...

;)

Beijo (daqueles)

12:00 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit