quarta-feira, março 18, 2009

Em barcos diferentes

"Tenho um amor platónico por uma puta e uma relação carnal com uma virgem."
Lido no blog infotocopiavel com uma ajudinha para lá ter ido parar.
Pessoalmente acrescentava-lhe "...e ando a comer uma gaja casada."

3 passageiros clandestinos:

Anonymous Anônimo chamou a hospedeira e disse:

ACORDA PRA VIDA!

OLHA Á TUA VOLTA. NAO INVENTES!

5:36 PM  
Blogger Pulha Garcia chamou a hospedeira e disse:

O amor não físico a putas é uma velha temática. "Memórias das minhas putas tristes...".

Gostei de conhecer o blog e da auto-descrição de consultor independente. Suponho que me considero profissionalmente o mesmo, com a diferença que neste momento estou a tentar ir lá para fora e não regressar a casa...

All the best

7:20 PM  
Anonymous Deusa chamou a hospedeira e disse:

Se não te conhecesse já, também iria ficar sem saber quem é que anda a "comer a gaja casada."

1:18 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit