segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Consciência Politica

Para mim, a ideia de viver num estado Socialista tem mais de exótico do que de prático, por isso mesmo vivo satisfeito neste oásis das tangas onde as revoluções não fazem correr sangue e as eleições são meros concursos de admissão aos quadros da função pública. A minha extravagância (ler a minha consciência politica) é partilhada pela maioria do colectivo, a diferença é que eu não nego ser extravagante, assim, viva a Democracia, viva a Liberdade, viva Portugal.

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit