sexta-feira, março 08, 2013

Águas de S. João v/s Azambuja S.A.

Disse eu a respeito de um tema discutido em Assembleia Municipal e em Reunião de Câmara, aqui na cidade onde vivo.

(...) A iniciativa da privatização, parcial ou total, de um serviço dito público, tem como consequência directa e implicita o aumento do custo desse serviço para o utilizador, porque capitais privados regem-se pela maximização do lucro em detrimento da qualidade do serviço, isto é do mais básico bê-á-bá de gestão. Nega-lo ou tentar camufla-lo de outra coisa qualquer é passar-se a si próprio - e a quem em si votou - um atestado de coisa pouco prestigiante. (...)

Fez-me lembrar um artigo de opinião que escrevi para num Jornal sobre essa mesma matéria, mas antes do mal estar feito, noutra cidade onde também vivi.
A parte que pretendo destacar é que numa Cidade foi uma Edilidade do PS que avançou com a PPP e noutra foi uma Edilidade do PSD.
As moscas são as mesmas, o cheiro é que é diferente.

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit