sexta-feira, março 04, 2011

De passagem em Lisboa

Com asma, pulso aberto, torcicolo à espreita... ai...

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit