sexta-feira, março 12, 2010

Reflexão numa sexta-feira solta de Março

Têm sido assim uns dias (mêses!) daqueles que mais tarde vou recordar com espanto. Dias repletos de situações de volte-face, gente falsa e traiçoeira, meias mentiras disfarçadas de verdades e com a já crónica falta de frontalidade que contamina as gerações. Pelo meio dos meus dias encontro contudo uma certa satisfação interior pela sensação de trabalho bem feito, de mérito, de estratégias ponderadas, equilibradas, acertadas, e naturalmente da excelência dos métodos, dos resultados e dos diversos sucessos conquistados. Mais tarde vou olhar para trás e constatar que realmente tudo o que faço, tudo em que me meto, todos os meus sacrifícios e vitórias... faço-o por amor.

1 passageiros clandestinos:

Blogger amor de uma mae chamou a hospedeira e disse:

e nada mais importa
beijinhos e bom fim de semana

8:49 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit