domingo, setembro 28, 2008

Do outro lado do rio

Vejo o teu reflexo no Rio
espelhada na noite molhada
Não vejo o Mar
No escuro do frio
e sem medo de nada
vontade de me atirar

1 passageiros clandestinos:

Anonymous DEUSA: chamou a hospedeira e disse:

Então atira-te!

2:11 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit