segunda-feira, abril 18, 2005

Memorizar Livros

Foi a menina lunática do Tou na Lua que me lançou este desafio. Já o vi em inúmeros Blogs e perguntava-me quando é que chegaria a minha vez. Obrigado Lunar.

Para quem não leu o livro aqui está link para o filme Fahrenheit 451, de 1966.

Não podendo sair do contexto de "Fahrenheit 451", que livro gostarias de ser?

Desde os tempos da escola que me fascinou a capacidade que o Camões teve de memorizar “Os lusíadas” e recita-los de cor para D. Sebastião.
No contexto do Fahrenheit 451 (só vi o filme), gostaria de ser “Os Lusíadas”.

Já alguma vez ficaste apanhadinho(a) por uma personagem de ficcção?

Apanhadinho não sei, mas é recorrente eu identificar-me com personagens de ficção. No meu livro preferido, (O Perfume – de Patrick Suskin) o personagem principal (Jean-Baptiste Grenouille) desenvolve contra todas as expectativas uma capacidade de procura do Amor perfeito que descarrila para um narcisismo indulgente que é levado ao extremo do amor-próprio e do auto sacrifício.
Acho esse personagem é fascinante (aguardo pacientemente que o meu realizador favorito -Ridley Scott- acabe as filmagens do filme… do meu livro favorito)
Outros personagens de ficção que me fascinam são por exemplo: Hamlet, Darth Vader, Roy Batty (O replicant de cabelo branco do livro/filme Blade Runner), Amélie Poulain, e tantos outros.

Qual o último livro que compraste?

”Fish” – um livro de gestão que ainda não li.

Qual o último livro que leste?

”A Arte da Guerra” de sun tzu, li pela segunda vez na semana passada, em Roma.

Que livro estás a ler?

Vários catálogos de potenciais clientes.
Relatórios de vendas.
Diversos volumes de estatísticas das exportações comunitárias.
Leio o jornal todos os dias…
Na verdade só tenho tempo para ler quando estou em viagem (Aviões, aeroportos, hotéis). Iniciei um livro do Saramago aqui há uns tempos (para poder ter uma opinião) mas tem estado muito bem guardadinho em parte incerta.
Pelo que possa valer estou a escrever uma espécie de memórias dos meus anos a estudar em Inglaterra e em França, talvez venha a tornar-se num Livro… mas também isso está parado neste momento.

Que livros (cinco) levarias para uma ilha deserta?

Estou a imaginar uma ilha deserta onde eu estaria perdido tipo náufrago, é isso?
Manual dos Escoteiros Mirins
Atlas universal
Dicionário da língua portuguesa
As minhas memórias (para acabar de as escrever)
Uma lista telefónica (para acender a fogueira)

A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e porquê?

Vou fazer batota e vou indiciar 5 suspeitos:
A Bina Ladina do Brams de Lata porque uma terrorista inócua deve ler umas coisas interessantes.

A Menina dos Malmequeres do Lexotan porque se escreve assim tão bem é porque seguramente também lê.

A Caterina dos Olhos de Caterina porque tem um blog fantástico.

O RanTanPlan do Escrita X porque é meu amigo e sempre me fez confusão que ele desde puto que se dedica à leitura.

A Patita do Patita Feia como se eu não soubesse que ela está a ler 3 livros ao mesmo tempo.

1 passageiros clandestinos:

Anonymous caterina chamou a hospedeira e disse:

Olha só no que tu me meteste. Logo eu que não tenho jeitinho nenhum para estas coisas... Mas já tá :)

4:31 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit