segunda-feira, janeiro 03, 2005

Debut V

O princípio p’ra mim

Já passou

Futuro que me inspirou

Aconteceu por eu querer

Num passado expirado

Sem ter medo de morrer

Foi o princípio de mim

Porque fui até ao fim

Viagem esquecida

De onde regresso enfim

Tornei-me durante a vida

Naquilo que hoje sou

E o princípio continuou

Sem nunca chegar ao fim



2001

.

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit