segunda-feira, setembro 19, 2011

Tic-tac tic-tac tic-tac tic-tac tic-tac tic-tac tic-tac...

5 passageiros clandestinos:

Blogger Smootha chamou a hospedeira e disse:

Stop "tic tac" like that!

:P

11:27 PM  
Blogger Iris Restolho chamou a hospedeira e disse:

Algum tipo de tortura novo?!

9:28 AM  
Anonymous Anônimo chamou a hospedeira e disse:

Andas a contar os minutos? :)

Nat.

11:52 AM  
Blogger Piloto Automatico chamou a hospedeira e disse:

Smootha: It's not me, I can't help it, the fucker just won't stop ticking!

Íris: O tempo só é tortura para quem não tem mais que fazer ao tempo.

Nat: Ando a ver passar os dias...

"(...)
Há vezes em que não falo, reservo-me ao silêncio indiferente.
Evado-me.
Outras vezes, digo tudo o que tenho para dizer.
Mas sinto que ninguém me está a perceber!

1:21 PM  
Blogger Iris Restolho chamou a hospedeira e disse:

O tempo para mim é sempre uma tortura.... é uma tortura quando tenho que lhe fazer, pois parece nunca haver tempo para fazer tudo o que tenho para fazer, e é uma tortura para quando nada se tem para fazer e não se pode fazer o que se tem de fazer, ou se quer fazer.

Seja como for, o tempo é tortura... da chinesa!

Mas eu estava mesmo a falar é do som, odeio ouvir o tempo a passar e eu muitas vezes parada sem poder andar.

4:41 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit