segunda-feira, agosto 01, 2011

Reflexão em Salamanca

Se calhar, no momento em que damos ao mundo motivos para não confiarem em nós, e mentimos por omissão a todos os que nos são queridos, num dado episódio que podia ser perfeitamente trivial, em vez de um SMS esfarrapado e evasivo a desviar atenções, um simples MMS (nem que tivesse que ser fabricado) teria afastado o clima de falsidade pessoal que se tem instalado recorrentemente e sem razão de ser, e isto - pasme-se - quando tudo se estava finalmente a harmonizar... The irony just knoks me out!
As pessoas enganam-se a si próprias com as escolhas que fazem, porque por vezes desprezam o que têm de bom para se agarrarem ao que não têm a não ser superficialmente, vivendo ilusões momentaneas...
"And for each steap forward, you take two steaps back"

0 passageiros clandestinos:

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit