segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Para mim.

A Lua iluminou o meu caminho.

Na memória trago os cheiros e o toque, o sabor do corpo e o som da voz que me embalou.
Trago o dia de amanhã.
Sinto-me a pairar sobre a realidade, sei que é verdade.
Voltei a casa, a noite levou-me a ver Mar, para eu sonhar.

Hoje sou um Oceano de Arinto, o mais fino dos vinhos brancos que bebo em ti.

2 passageiros clandestinos:

Anonymous Pecola chamou a hospedeira e disse:

Boa semana, caro Invisible F. =o) Continua a experimentar com as palavras. Vale a pena.

11:25 AM  
Anonymous Patita Feia chamou a hospedeira e disse:

Uma óptima semana para ti! ;)

11:31 AM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit