sexta-feira, outubro 06, 2006

Virtual

Não imagino como será ser-se um super-heroi, não consigo sequer visualizar um fato ou um conjunto de super-poderes... Mas sei o que é sentir-se na pele de um super-vilão, que diga-se é muito mais atractivo. Nos filmes, nos livros e nas bandas desenhadas o mau da fita é sempre muito mais elaborado que o personagem principal. Veja-se o Joker, o Blofeld, o Bluto, ou um replicant (respectivamente arqui-inimigos do Batman, do 007, do Popey e do Blade Runner). São personagens ricas em conteudo e à sua maneira opostas do protagonista.
Na vida real também há estas ligações entre os "bons" e os "maus", e a Internet não é excepção: Na internet eu sou o "bom", e os "maus" são os otários que criaram a porcaria do virus W32 que me vai fazer ter que formatar a Drive C:/ e perder inumeros ficheiros insubestituiveis.
Mas vou prevalecer, o "bom" tem quase sempre uma vantagem sobre o "mau", é que o "bom" no fim, sobrevive... Posted by Picasa

2 passageiros clandestinos:

Blogger O'Sanji chamou a hospedeira e disse:

Obrigada pelo link! Um abraço

12:08 AM  
Blogger AA chamou a hospedeira e disse:

it's easy to make your own superhero

AA

11:02 PM  

Chamar a hospedeira para Postar um comentário

<< Regressar ao cockpit